quinta-feira, maio 21, 2009

A não perder!!

É mais uma vez com grande prazer que o Grupo de Aveiro da Amnistia Internacional convida tod@s @s Aveirenses para mais uma tertúlia.

Desta vez, vamos ter o nosso director executivo, Pedro Krupenski, que vem apresentar, com toda a informalidade, a nova campanha a nível mundial que a AI vai lançar: a Campanha da Dignidade.

É no próximo sábado, dia 23, pelas 17h30, como sempre, no bar do hotel Moliceiro.

Até lá!!

quarta-feira, maio 13, 2009

Quinzena dos Direitos Humanos em Aveiro

Entre os dias 15 e 29 de Maio de 2009, Aveiro oferece uma agenda repleta de iniciativas em prol dos Direitos Humanos, sob o pretexto das comemorações dos 250 anos da elevação de Aveiro a cidade e dos 200 anos do nascimento do aveirense Manuel José Mendes Leite.
A Quinzena dos Direitos Humanos conta este ano com a colaboração de variadas entidades na apresentação de temas tão diversos como ‘Necessidades Educativas Especiais no Ensino Superior’, ‘Problemáticas Sociais’, ‘Pena de Morte’ entre muitos outros, com o objectivo de sensibilizar a comunidade para o papel de cada cidadão para o cumprimento do objectivo que a Declaração Universal e os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio impõem. Contamos com a presença de todos na incessante caminhada por um Mundo melhor.

Consulta a Agenda deste iniciativa e o blog: http://aveirodh.wordpress.com/

domingo, maio 10, 2009

quarta-feira, maio 06, 2009

A nossa sessão na Casa Municipal da Juventude, no dia 30 de Abril, foi assim...


Na tarde de quinta-feira, tivemos o prazer de conhecer os jovens alunos de uma escola de Aveiro e conversar com eles sobre a discriminação em geral, e em particupar na vida deles... Falamos também um pouco da luta da Amnistia Internacional ao longo dos anos e da sua missão futura.
Foi uma conversa muito interessante e participada, que esperamos repetir, um dia destes, na Casa Municipal da Juventude de Aveiro.

segunda-feira, maio 04, 2009

O Irão - ultimamente...

A jornalista irano-norte-americana Roxana Saberi, condenada a oito anos de prisão depois de ser acusada de espionagem no Irão, está em greve de fome há cinco dias, informou este sábado o seu pai.
Roxana Saberi, detida desde o fim de Janeiro na prisão de Evine, a norte de Teerão, foi julgada à porta fechada na semana passada e condenada a oito anos de prisão por espionagem a favor dos Estados Unidos.


Veja a notícia completa, publicada aqui.




O Irão executou sexta-feira por enforcamento Delara Darabi, uma jovem mulher acusada de homicídio quando tinha 17 anos, tendo o seu advogado acusado os responsáveis da prisão onde Darabi foi enforcada de não terem respeitado uma decisão do Supremo Tribunal iraniano, que adiara por dois meses a execução da sentença.
Delara Darabi foi acusado de um homicídio, que teria sido realizado pelo seu namorado.
A Amnistia Internacional (AI) acusou o Irão de ter concedido a Darabi um julgamento justo e da justiça de Teerão se ter recusado a admitir novas provas de que a menor, à altura dos factos, não era responsável pelo homicídio.
O Irão é um dos raros países do mundo que condena à morte e executa menores de idade.
Segundo a AI, este país executou 42 menores desde 1990.


Veja a notícia completa, publicada aqui.




Os representantes da União Europeia presentes em Genebra já tinham manifestado a sua intolerância em relação a possíveis declarações anti-semitas por parte do presidente iraniano. Na sequência do discurso de Mahmoud Ahmadinejad, os embaixadores europeus abandonaram a sala da conferência.
O presidente iraniano falou de um «governo racista» no Médio Oriente afirmando que «enviaram imigrantes da Europa, dos Estados Unidos e do mundo do Holocausto para estabelecer um Governo racista na Palestina ocupada».


Veja a notícia completa, publicada aqui.


Obama - 100 dias depois...

video