sexta-feira, junho 18, 2010

Exposição "1000 Famílias" - a não perder!

video

Vem fazer parte do encontro de jovens da Amnistia Internacional

Entre 28 de Julho e 02 de Agosto, a secção portuguesa da Amnistia Internacional vai acolher a Reunião Internacional de Jovens das Secções Europeias da organização. Durante cinco dias, jovens de toda a Europa vão pensar e debater a campanha da Amnistia Internacional “Exija Dignidade”, lançada há cerca de um ano, e a liderança juvenil do movimento.

Se tens mais de 18 anos, estás interessado em participar mais activamente e em fazer mais pelos Direitos Humanos, escreve para

l.marques@amnistia-internacional.pt ou telefona para o 213 861 652.

Torna-te um verdadeiro activista! A Amnistia Internacional precisa de ti!

quinta-feira, junho 10, 2010

Campanha Exija Dignidade - Relatório sobre falha na prossecução dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio.


A Amnistia Internacional advertiu hoje que os governos de vários países se arriscam a falhar no auxílio de algumas das populações mais pobres e vulneráveis do mundo a menos que coloquem os Direitos Humanos no centro do combate contra a pobreza.

Num novo relatório que se debruça sobre as formas de reforçar os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), a organização sublinha que os objectivos chave se encontram muito aquém das normas pré-existentes de Direitos Humanos. O relatório,
From Promises to Delivery, esboça os passos cruciais que os governos devem dar no sentido de cumprir os ODM nos próximos cinco anos.


Os ODM prometeram um futuro mais justo para os mais pobres e excluídos sectores da população mundial, mas está a tornar-se tragicamente óbvio que a menos que sejam tomadas medidas urgentes, os governos não conseguirão manter as promessas feitas às comunidades mais vulneráveis,” afirmou Cláudio Cordone, Secretário-Geral Interino da Amnistia Internacional.

segunda-feira, junho 07, 2010

Iniciativa do Grupo de Viana do Castelo - a não perder!

AMNISTIA INTERNACIONAL - GRUPO LOCAL 24/VIANA DO CASTELO
COMUNICADO DE IMPRENSA/divulgação de sessão

O Grupo Local 24 (Viana do Castelo) da Amnistia Internacional promove no dia 11 de Junho, pelas 21.30 horas, na Sala Couto Viana da Biblioteca Pública Municipal de Viana do Castelo, o Debate “Os Desafios dos Direitos Humanos na actualidade”, integrado na iniciativa “Os Dias dos Direitos Humanos em Viana do Castelo”.
O Debate terá como oradores o Dr. Marinho Pinto, Bastonário da Ordem dos Advogados e a Dr.ª Ana Gomes, Deputada ao Parlamento Europeu, e será moderado por Armando Borlido, Membro da Direcção Nacional da Amnistia Internacional Portugal.

sexta-feira, junho 04, 2010

No dia 6 de Junho, venha marchar contra a fome


Domingo, 6 de Junho às 10 horas
Lisboa -» Torre de Belém / Docas

Porto -» Cais de Gaia / Passeio Alegre


É já no próximo dia 6 de Junho que se realiza mais uma edição da Marcha Mundial Contra a Fome. A Amnistia Internacional mais uma vez associou-se a este evento, que este ano decorrerá em 72 países.

Com apenas 5 euros (valor da inscrição) – o correspondente a 25 refeições no âmbito do World Food Programme – podemos contribuir para combater um flagelo que todos os dias mata mais de 25 mil pessoas em todo o mundo, das quais 14 mil são crianças.

Saiba mais, aqui.

21.º aniversário do massacre de Tiananmen - Acção em Lisboa, hoje, pelas 18 horas.

O Governo Chinês tem-se recusado a levar a cabo um inquérito aberto, independente e imparcial aos acontecimentos dos dias 3-4 de Junho, apesar dos apelos dos governos estrangeiros. Mas é necessário que a justiça acabe por prevalecer e que as vítimas e suas famílias não sejam esquecidas. Nesse sentido a Amnistia Internacional Portugal promove uma manifestação em Lisboa, no próximo dia 4 de Junho, 6ª feira, com início às 18horas, no Largo do Chiado, junto à saída da estação do metropolitano Baixa-Chiado.

Pretende-se alertar o público em geral e a Embaixada da China em Portugal para a necessidade de fazer justiça às vítimas do 4 de Junho de 1989 e para que acabem as perseguições a todos aqueles que têm tentado lembrá-las, dentro da China. Também se pretende fazer uma homenagem às Mães de Tiananmen, cujos filhos foram mortos durante aqueles acontecimentos e que durante anos e anos tiveram de esconder a sua dor.

Será distribuída informação, recolhidas assinaturas num abaixo - assinado e exibidos cartazes com fotos de vítimas. Junto a algumas das fotos haverá um ramo de 6 rosas brancas e 4 vermelhas. Estas flores são o símbolo das Mães de Tiananmen. As rosas brancas representam a pureza do coração dos mortos em Tiananmen e as vermelhas a sua paixão.


Saiba mais, aqui.

quarta-feira, junho 02, 2010

Voz aos Direitos Humanos!...

Ouça a rubrica «Direitos Humanos», protagonizada pelo Grupo Local de Aveiro da Amnistia Internacional, todas as quartas-feiras à tarde, na Rádio Vagos FM!